OS MEUS SUPERPODERES [PT]
OS MEUS SUPERPODERES [PT]
OS MEUS SUPERPODERES [PT]
OS MEUS SUPERPODERES [PT]
OS MEUS SUPERPODERES [PT]
OS MEUS SUPERPODERES [PT]
OS MEUS SUPERPODERES [PT]
OS MEUS SUPERPODERES [PT]
OS MEUS SUPERPODERES [PT]
OS MEUS SUPERPODERES [PT]

THE HAPPY GANG

OS MEUS SUPERPODERES [PT]

Preço promocional€15,90
Quantidade:
Recolha disponível em loja física de Leiria Normalmente pronto em 24 horas

OS MEUS SUPERPODERES [PT]

loja física de Leiria

Disponível para recolha, normalmente pronto em 24 horas

Rua Porto de Mós
43
Leiria
2415-396 Leiria
Portugal

+351913932784
1 livro + 30 cartas ilustradas com 30 superpoderes (competências) que podemos desenvolver em cada um de nós!
As competências selecionadas têm sido estudadas como fundamentais para a construção equilibrada do ser humano, sendo promotoras do seu bem-estar e sucesso a vários níveis ao longo da vida.
Dirigido a crianças a partir dos 5 anos.

Dirigido a crianças a partir dos 5 anos, embora possa ser usado em qualquer idade.

Sugestão 1:

O superpoder da semana - no início da semana, a criança tira uma carta aleatoriamente (ou não). Lê o superpoder e o exemplo dado e explora a ilustração (o que observa, que questões suscita, o que acha que terá acontecido...). 

O adulto pode fazer perguntas que facilitem a conversa sobre o exemplo dado ou sobre a ilustração.

Depois, ao longo da semana ou do dia, cada elemento estará atento, procurando pôr em prática o superpoder da forma que entender, não necessariamente repetindo o exemplo dado pela carta. 

Se sentir que a criança precisa de ajuda para perceber como praticar esse superpoder podem, em conjunto, enumerar exemplos que o ilustrem.

No final do dia ou da semana, partilham aos momentos em que o puseram em prática.

Sugestão 2:

A lista das ações dos superpoderes - ir tirando cartas aleatoriamente e por cada superpoder fazer uma lista de 5 ações (ou mais) que concretizem aquele superpoder. No fundo, ações que ajudem a criança a desenvolver a competência da carta.

Sugestão 3:

Conversa livre - depois do jantar ou do lanche, ou mesmo de manhã (se houver tempo), criar o hábito de escolher aleatoriamente uma carta e conversar livremente sobre esse superpoder, explorando o exemplo escrito e a ilustração. 

Podem decidir em conjunto que superpoder fazem faltam na vivência da família/grupo.